sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

Trabalhar Faz Calos

13 comentários:

Silvares disse...

Chiça penico, essa dá que pensar...

Geraldes Lino disse...

Viva Marco Mendes
Espero que já tenha visto, no sítio da Bedeteca de Lisboa, na rubrica "Dossiê", o item "Movimentos" (escrito por este escriba), onde coloquei o seu Diário Rasgado como um dos meus favoritos de 2007.
Abraço.

diário rasgado disse...

Olá Geraldes!

Fico muito contente com essa novidade! Voltaremos a falar em breve.

Um abraço,

Marco

amerikano disse...

Oi Marco, é o sergio dos E.U.A. (estive contigo em Marrocos em 2004 mais o Aguiar, Maranha, etc...) Epa, curto bue o teu trabalho...

Esta personagem aqui por acaso nao é o navalhas (andre)?, pelo paleio (e pela imagem em si) parece ser...lol...

um abraço, e continuação de bons gibis (como dizem os brazucas).

diário rasgado disse...

Olá Sérgio! Tudo bem contigo? Já não nos vemos há uns anitos...

É mesmo o Navalhas, na tira! Ainda bem que reconheceste! Agora vivemos juntos no Porto.

Um abraço,

quando voltares bebemos um copo!

Marco

liliana_lourenco disse...

Então e 300 euros é mau?!.. 300 euros ainda dá para algumas saídas! Ele que aproveite! :p :p

**

Anônimo disse...

agora vivem juntos?! que gayzolas!!

zoo disse...

foda-se my man, tas imparavel
P

para mim disse...

Parabéns! acaso poderei ousar comparar com um Harvey Pekar à portuguesa? Estilo "Esplendor Português"?

diário rasgado disse...

O Harvey Pekar é uma das minhas referências, sem dúvida, mas não mais importante do que o Adrian Tomine, o David Collier, o Joe Matt, Robert Crumb, etc.

um Abraço,

Marco

para mim disse...

Há uns anos editei o fanzine "Édito" e participei em algumas organizações do festival de BD do Porto com o Comicarte... Estavas por aí? Fiz depois BD's com o Manel Cruz dos Ornatos Violeta... Que saudades desses tempos de criação...

diário rasgado disse...

O Salão de Bd do Porto foi muito importante para mim. Foi a primeira vez que vi bd a sério (Joe Sacco, Tomine, Kuper, e outros)

Pena ter acabado...

Um abraço,

Marco

Les Frites disse...

Pois bem me pareceu um cabrao (navalhinhas) ai desenhado.

ja agora, so para te dizer que estive com o teu irmao no cafe portugal aqui em Bruxelas.

Entretanto um abraco para ti e outro para o cabrao.

KIKI